Notícias do Parque

Unindo recursos, agarrando oportunidades e aprofundando a cooperação internacional de medicina tradicional——O Fórum de Cooperação Internacional de Medicina Tradicional 2019 (Macau, China) foi inaugurado hoje (dia 25)

Data De publicação:2019-09-26   Browse:90


O Fórum de Cooperação Internacional de Medicina Tradicional 2019 (Macau, China) foi inaugurado hoje no Hotel Venetian Macao. Organizado pelo Governo da Região Administrativa Especial de Macau e pela Administração Estatal de Medicina Tradicional Chinesa da República Popular da China, e coordenado pelo Parque Científico e Industrial de Medicina Tradicional Chinesa para a Cooperação entre Guangdong-Macau (adiante designado por Parque de GMTCM), o evento reúniu mais de 700 participantes, oriundos do Interior da China, Macau, países da União Europeia, ASEAN e países de língua portuguesa. Os participantes abordaram, em conjunto, temas sobre a cooperação e o desenvolvimento no domínio da medicina tradicional.

Durante o Fórum, subordinado ao tema “Compartilha dos Frutos da Medicina Tradicional, Reforço do Intercâmbio e Cooperação Internacionais”, os participantes discutiram e partilharam ideias profundas sobre políticas de apoio, oportunidades de desenvolvimento, investigação e desenvolvimento tecnológico, expansão de mercado e investimento e financiamento, entre outros. Na cerimónia de abertura, foram assinados vários acordos entre o Parque deGMTCM e várias instituições, empresas e instituições de ensino superior, a nível internacional. No dia 26, serão realizados um fórum de investimento e financiamento, uma sessão de business matching, e um fórum de partilha de resultados científicos e tecnológicos, o que irá aprofundar os estudos, a transformação de resultados e a coordenação de recursos  no âmbito das indústrias da MTC e da saúde.

1570590905264516.jpg

O Chefe do Executivo da RAEM, Chui Sai On, participou no Fórum de Cooperação Internacional de Medicina Tradicional (Macau, China) 2019 e tirou foto de grupo com os convidados de honra


Ampla participação no evento. O desenvolvimento da medicina tradicional suscitou a atenção do mundo.

Participaram na cerimónia de abertura do Fórum o Chefe do Executivo da RAEM, Chui Sai On, o Director do Gabinete de Ligação do Governo Popular Central na Região Administrativa Especial de Macau, Fu Ziying, o Ministro da Saúde e da Segurança Social de Cabo Verde, Arlindo Nascimento do Rosário, o Ministro da Saúde de São Tomé e Príncipe, Edgar Neves, o Vice-Director do Gabinete para os Assuntos de Hong Kong e Macau do Conselho de Estado, Huang Liuquan, a Vice-Comissária do Ministério dos Negócios Estrangeiros da República Popular da China na Região Administrativa Especial de Macau, Wang Dong, o Secretário de Estado para a Saúde Pública da República de Angola, José Manuel Vieira Dias da Cunha, o Vice-Governador da Província de Guangdong, Zhang Guangjun, o antigo Sub-Director da Comissão Nacional da Saúde e Planeamento Familiar, antigo Director da Administração Estatal de Medicina Tradicional Chinesa e Presidente da Associação de Medicina Chinesa da China, Wang Guoqiang, o Secretário para a Economia e Finanças do Governo da RAEM, Leong Vai Tac, a Directora Nacional de Medicina Tradicional e Alternativa do Ministério da Saúde de Moçambique, Felisbela Gaspar, o Subsecretário do Comité Municipal de Zhuhai e Governador do Município de Zhuhai, Yao Yisheng, e a Assessora do Gabinete do Secretário para a Economia e Finanças, Presidente e Directora-Executiva do Parque Científico e Industrial de Medicina Tradicional Chinesa para a Cooperação entre Guangdong-Macau, Lu Hong.

O Secretário para a Economia e Finanças do Governo da RAEM, Leong Vai Tac, afirmou que a diversificação adequada da economia de Macau está a gerar grandes oportunidades e um espaço de desenvolvimento sem precedentes. Como uma das indústrias emergentes que promovem a diversificação adequada da economia de Macau, a industrialização e o desenvolvimento internacional da MTC são altamente valorizados pelo Governo da RAEM. O Parque de GMTCM, que serve como um importante veículo para o desenvolvimento da indústria de MTC de Macau, entrou já numa nova etapa de desenvolvimento, com a formação de um ambiente propício à inovação, a investigação e o desenvolvimento. Através do papel desempenhado por Macau como plataforma e ponte de serviços comerciais entre a China e os países de língua portuguesa, o Parque de GMTCM ajuda as empresas e os produtos de alta qualidade, nacionais e estrangeiros, a expandirem-se para o exterior atraindo, em seu torno, a entrada de novas empresas e produtos. O Fórum, que por cinco vezes consecutivas decorreu em Macau, é um dos projectos relevantes do Parque de GMTCM no âmbito do seu papel de plataforma, produzindo resultados no estabelecimento de marcas, união e coordenação de recursos. No futuro, espera-se que o papel do Parque de GMTCM como plataforma possa ser ainda mais reforçado, visando promover em conjunto o desenvolvimento da indústria de medicina tradicional, facilitando a padronização e a internacionalização dos produtos e serviços desta área.

O Vice-governador da província de Guangdong, Zhang Guangjun, considerou a medicina tradicional chinesa um recurso único do nosso país, com enorme potencial económico, um recurso tecnológico e original, um excelente recurso cultural e um recurso ecológico crucial. A província de Guangdong tem valorizado o desenvolvimento da indústria da MTC. A cooperação e o intercâmbio estão cada vez mais estreitos entre Macau e Guangdong no âmbito da MTC gerando resultados significativos. No futuro, a Província de Guangdong irá continuar a prioritizar, como sempre, a cooperação entre as duas regiões na área da medicina tradicional chinesa, permitindo que este tesouro da civilização chinesa possa efectivamente beneficiar os cidadãos dos dois lados. Zhang disse esperar que as indústrias de Guangdong e Macau continuem a cooperar no sentido de elaborar um novo plano para o avanço, abertura, inovação e desenvolvimento da MTC nesta nova era. Afirmou ainda que as duas regiões devem aproveitar a construção do Parque Industrial como uma alavanca para modernizar a indústria, apoiar o desenvolvimento e diversificação adequada da economia de Macau, promover a industrialização, modernização e internacionalização da MTC e divulgá-la por todo o mundo.

O Ministro da Saúde e da Segurança Social de Cabo Verde, Arlindo Nascimento do Rosário, referiu que o Parque Industrial e aquele Ministério assinaram  um Memorando de Cooperação, em Maio deste ano, tendo já sido realizada pela primeira vez em Cabo Verde, a 1ª edição da formação em terapias características da MTC, que contou com a participação de cerca de 50 profissionais do sector da saúde. O Ministro agradeceu ao Governo da RAEM e ao Parque Industrial, em particular, pelo apoio prestado ao seu país. O Governo cabo-verdiano irá desfrutar desta oportunidade proporcionada pelo Fórum para trabalhar conjuntamente com o Governo da RAEM e o Parque Industrial, no sentido de aprofundar e expandir a cooperação na área da MTC.

Wang Guoqiang, Subdirector da antiga Comissão Nacional de Saúde e Planeamento Familiar, antigo Director da Administração Estatal de Medicina Tradicional Chinesa e, actualmente, Presidente da Associação de Medicina Chinesa, disse que o Secretário Geral do Partido Comunista Chinês, Presidente Xi Jinping, inspeccionou o Parque Industrial, em Outubro do ano passado. A realização do Fórum constitui, por um lado, a implementação das importantes instruções emanadas pelo líder durante a visita, por parte do Governo da RAEM, assim como dos resultados alcançados pela RAEM na promoção e desenvolvimento da diversificação económica adequada com o apoio da indústria da medicina tradicional chinesa. E, por outro lado, trata-se de um evento da celebração do 70º aniversário da fundação da República Popular da China e do 20º aniversário do retorno de Macau à pátria, organizado pelas comunidades de saúde e de MTC de Macau com as suas colaborações, inovação e esforços. Na última década, beneficiando da atenção ao mais alto nível pelo Governo da Região Administrativa Especial de Macau e a promoção feita pelo Chefe do Executivo, Chui Sai On, e com a cooperação estreita e o apoio forte dos departamentos nacionais relevantes, a medicina tradicional chinesa tornou-se numa força importante, que beneficia amplamente a população e protege a saúde dos residentes de Macau. Wang acredita que a indústria da MTC de Macau terá certamente um espaço de desenvolvimento mais amplo e um futuro maravilhoso, podendo contribuir ainda mais para a construção de uma cidade saudável.

Durante a cerimónia de abertura, Lu Hong, Assessora do Gabinete do Secretário para a Economia e Finanças, Presidente e Directora-Executiva do Parque de GMTCM, fez uma apresentação sobre os progressos observados no trabalho do Parque. Lu disse que, após um rápido avanço nos últimos anos, a construção de várias secções do Parque de GMTCM alcançou resultados significativos. No âmbito da construção da plataforma dos serviços públicos, foi criada a única plataforma de serviços públicos dotada de ambas as certificações de BPF (Boas Práticas de Fabricação) pela China e pela União Europeia, e houve um progresso significativo na introdução de elementos inovadores de medicina tradicional chinesa e na criação de um ambiente propício ao desenvolvimento industrial. Em termos de intercâmbio e cooperação internacionais, foram registados com sucesso seis produtos de medicina tradicional chinesa no estrangeiro, incluindo os das empresas de Macau. Foi apresentado e alargado o modelo de cooperação “introdução de medicamentos através de tratamentos médicos” para outros países de língua portuguesa como Cabo Verde; e observado um grande avanço na promoção da cultura e técnicas da medicina chinesa nos países de língua portuguesa e o resto do mundo. O Parque de GMTCM promove a indústria de medicina chinesa - a área incubadora, estando, por sua vez, a receber cada vez mais empresas, o que promove um ambiente propício para o desenvolvimento industrial, formando gradualmente um agrupamento de desenvolvimento. No decorrer do desenvolvimento destes trabalhos, o Parque de GMTCM foi sempre fiel à sua aspiração inicial de servir a sociedade e os cidadãos de Macau, criando condições e espaço favoráveis para o desenvolvimento de empresas e talentos de Macau conexos à medicina tradicional chinesa, e continua a injectar uma nova força motriz, em prol do desenvolvimento de Macau, dando, assim, maiores contributos quer para a economia quer para a sociedade de Macau.


Construir em conjunto a ponte para apoiar o desenvolvimento da indústria de medicina tradicional

Este ano coincide com o 20º aniversário do retorno de Macau à pátria, e o Parque de GMTCM, enquanto importante veículo para o desenvolvimento da indústria de medicina tradicional chinesa em Macau, tem gerado um ambiente e condições favoráveis para promover a expansão dos produtos e tecnologias nacionais de MTC no estrangeiro e atrair a entrada dos seus homólogos estrangeiros. A realização do Fórum também proporciona uma oportunidade para demonstrar os feitos alcançados no desenvolvimento das indústrias emergentes de Macau, por ocasião do 20º aniversário do retorno de Macau à pátria.

Na cerimónia de abertura do Fórum, sob a presença do Chefe do Executivo da Região Administrativa Especial de Macau, Chui Sai On, bem como dos outros convidados de honra, foram realizadas várias cerimónias, incluindo o lançamento da sede de transformação de frutos científicos e tecnológicos de medicina tradicional chinesa da Grande Baía, a participação na AMIGO Alliance na Sede de Intercâmbio Internacional para os Jovens Profissionais de Medicina Tradicional Chinesa, a assinatura de acordos para o desenvolvimento de projectos entre o Parque de GMTCM e a Guangzhou Pharmaceutical Holdings Limited, o Tasly Holding Group e a Zhongguancun Private Equity & Venture Capital Association, a assinatura do acordo trilateral da cooperação estratégica na gestão do projecto de cuidados de saúde de medicina chinesa Ruilian (Hengqin) Wellness Resort, a cerimónia de entrega da placa do Belgium Welcome Office, entre outros. A cooperação entre o Parque de GMTCM e as instituições, empresas e universidades internacionais representa os progressos concretizados pelo Parque na criação de um ambiente favorável para o desenvolvimento da indústria de MTC, oferecendo condições favoráveis para o desenvolvimento das indústrias de MTC e da saúde. Além disso, constitui também uma plataforma mais elevada e ampla para a internacionalização das empresas do sector da MTC, incluindo as de Macau.

1570590982125459.jpg

O Chefe do Executivo da RAEM, Chui Sai On, e os outros convidados de honra lançaram em conjunto a Base de Comercialização dos Frutos da Investigação da Medicina Tradicional Chinesa na Área da Grande Baía.

1570591014421065.jpg

Os representantes de universidades do Interior da China, da EU e dos Países de Língua Portuguesa aderiram ao Campo de Parceiros AMIGO da Base de Intercâmbio Internacional de Jovens Médicos em Medicina Tradicional Chinesa, sob testemunho do Chefe do Executivo da RAEM, Chui Sai On e dos outros convidados de honra.

1570591053612987.jpg

A Presidente e Directora-Executiva do Parque Industrial, Lu Hong e o Presidente da Guangzhou Pharmaceutical Holdings Ltd, Li Chuyuan, assinaram o acordo de cooperação para projectos-chave.

1570591097563242.jpg

A Presidente e Directora-Executiva do Parque Industrial, Lu Hong, assinou acordos de cooperação para projectos-chave com o Director-geral da Tasly Pharmaceutical Group Co., Ltd., Zhu Yongrong, e o Presidente da Zhongguancun Private Equity & Venture Capital Association, Wang Shaojie, respectivamente.

1570591121946699.jpg

A Presidente e Directora-Executiva do Parque Industrial, Lu Hong, assinou o acordo tripartido da cooperação estratégica em operação e gestão do projeto – Resort de Bem-Estar "Ruilian Zhuang” com o Vice-presidente da Hospital de Medicina Tradicional Chinesa, Yang Zhimin e o Director-geral da Banyan Tree Hotels Management (Tianjin) Co., Ltd., Qin Bo.

1570591166319984.jpg

A cerimónia de entrega de placa ao Centro de Serviços Empresariais da Bélgica foi presidida pelo Secretário para a Economia e Finanças da RAEM, Leong Vai Tac, sob testemunho dos convidados de honra, incluindo o Chefe do Executivo da RAEM, Chui Sai On

Em Outubro do ano passado, o Secretário-Geral do Comité Central do Partido Comunista da China, Xi Jinping, inspeccionou o Parque de GMTCM e apontou a medicina tradicional chinesa como um tesouro da civilização chinesa, considerando ser necessário aprofundar os estudos da MTC e promover a integração entre a produção, a educação e a investigação, e a industrialização e modernização da medicina chinesa, divulgando-a para todo o mundo. As "Linhas Gerais do Planeamento para o Desenvolvimento da Grande Baía Guangdong-Hong Kong-Macau”, lançadas este ano, fornecem um apoio forte e uma orientação clara para o desenvolvimento do Parque de GMTCM e da indústria de MTC, o que significa que a promoção da revitalização da MTC já foi elevada para o nível de estratégia nacional.

Durante o Fórum, foram abordados temas em torno das políticas das indústrias, oportunidades de desenvolvimento, investigação e desenvolvimento e expansão dos mercados relevantes para as indústrias de MTC e de prestação de bens/serviços globais da saúde. Ao abrigo dos relatórios principais apresentados no dia 25, quinze especialistas e académicos, nacionais e estrangeiros, partilharam as suas observações sobre o desenvolvimento da MTC e discutiram o rumo do desenvolvimento internacional da mesma, realizando estudos e comunicações conjuntos com os representantes de departamentos governamentais, instituições de investigação, associações sectoriais, instituições de investimento e financiamento, empresas e especialistas relacionados à MTC e a indústria da saúde. A fim de promover o desenvolvimento da biomedicina na Grande Baía Guangdong-Hong Kong-Macau, especialmente o desenvolvimento integrado da indústria de medicina chinesa, será necessário promover e aprofundar o intercâmbio e a cooperação, a nível internacional, expandir recursos nacionais e estrangeiros bem como oportunidades de desenvolvimento e construir plataformas de intercâmbio e cooperação internacionais e de serviços comerciais para a indústria de medicina tradicional e a indústria de saúde, quer nacionais quer internacionais.

O Fórum realizou-se em resposta às tendências da industrialização e da internacionalização de MTC, contando com as ardentes expectativas da indústria em relação à promoção da revitalização da MTC e do seu desenvolvimento internacional. O Fórum proporcionou oportunidades de intercâmbio e cooperação internacionais e uma plataforma de desenvolvimento integrado direccionada aos departamentos governamentais, instituições científicas e tecnológicas, associações industriais e empresas, e já se tornou numa força significativa para incentivar o desenvolvimento da indústria de medicina tradicional para um patamar mais elevado , mais amplo e bem integrado.

Integração de informação a fim de promover em conjunto a transformação de resultados de MTC

Além disso, no dia 26, também serão realizados um fórum de investimento e financiamento, uma sessão de business matching e um fórum de partilha de resultados científicos e tecnológicos, ocasiões em que se podem trocar opiniões sobre a cooperação comercial no âmbito da medicina tradicional, exibir produtos e a transformação de resultados científicos e tecnológicos de MTC. Servirá para edificar uma plataforma para a demonstração de projetos e sinergia de recursos para projectos de investigação e desenvolvimento de medicina chinesa, oferecendo oportunidades de comunicação personalizadas sobre os resultados e as experiências do desenvolvimento internacional da medicina tradicional, e construir uma plataforma de coordenação entre diversas partes da oferta, procura e serviços para a publicação de informações sobre os resultados de investigação e desenvolvimento alcançados pelas universidades.

O fórum de investimento e financiamento irá dividir-se em dois programas: os relatórios temáticos e o roadshow de projectos, com vista a promover o entendimento e comunicação entre as partes de projectos e de investimento e criar uma plataforma de cooperação para as empresas exibirem projectos, unirem recursos e coordenarem investimentos, alargando as potenciais oportunidades de cooperação. Na sessão de business matching vão realizar-se discussões sobre temas como expansão de acesso aos mercados internacionais, supervisão do mercados, comércio internacional, entre outros, havendo ainda  sessões para as empresas exibirem produtos e negociarem entre si. O fórum de partilha de resultados científicos e tecnológicos irá reunir as realizações científicas e tecnológicas de MTC nas universidades da Grande Baía Guangdong-Hong Kong-Macau, divulgar as informações dos projectos e apresentar resultados representativos, fornecendo assim uma plataforma para intercâmbio e sinergia entre universidades, empresas e instituições de investimento e financiamento, no sentido de promover a transformação das realizações científicas e tecnológicas e a cooperação nos contextos da produção-educação-investigação.


A indústria da saúde: Promoção pelos projectos exemplares

Os projectos da indústria dz saúde no Parque de GMTCM estão actualmente a ser construídos aceleradamente e entrarão em funcionamento no próximo ano. Pela primeira vez, neste Fórum, foi montada uma zona de exposição e experiência da indústria de saúde, com foco na exibição do progresso de vários projectos relevantes: Ruilian (Hengqin) Wellness Resort, Museu de Criação de Ciência e Tecnologia de Medicina Tradicional Chinesa e Olá Lótus.

Os projectos da indústria da saúde exploram a edificação do conceito “medicina chinesa + medicina mundial”, combinando os conhecimentos dos especialistas e serviços de tecnologia moderna do Interior da China, a fim de criar um local ideal para a medicina tradicional chinesa caracterizada pela terapia oriental. A combinação entre a MTC, a cultura, a criatividade, o comércio e o turismo, permite aos consumidores entender a história da MTC, experimentar e apreciar a tecnologia e a cultura da mesma. O objectivo destes projectos prende-se com a constituição de uma plataforma para o intercâmbio nas  indústrias da saúde e de medicina tradicional chinesa entre o Interior da China e Macau, com base nas vantagens próprias da MTC de Macau, e superar as limitações de Macau em termos de tecnologia e talentos nesta área, bem como desempenhar um papel activo na melhoria do nível técnico da medicina chinesa em Macau. O desenvolvimento dos projectos também abrange as indústrias do turismo e de cuidados da saúde de Macau, visando promover o desenvolvimento de indústrias como convenções e exposições e finanças, melhorar gradualmente a cadeia da indústria da saúde e criar maiores benefícios económicos e mais condições favoráveis ao desenvolvimento para a sociedade de Macau.

A zona de exposição da indústria da saúde está aberta ao público hoje e amanhã (25 e 26). Convidamos os interessados a visitar a sala Florence, no Hotel Venetian Macao.

Até à data, o Fórum de Cooperação Internacional de Medicina Tradicional (Macau, China) já se realizou com sucesso por cinco anos consecutivos, tendo desenvolvido um conceito temático que combina políticas de medicina tradicional, mercados, investigação e desenvolvimento, investimento e financiamento, entre outros, tendo desempenhado um papel como importante elo de ligação para a cooperação na área da medicina tradicional entre o Interior da China, Macau, a ASEAN, a União Europeia e os países de língua portuguesa. Ao longo dos últimos anos, o Fórum tornou-se mais conhecido e influente, passando a ser uma importante plataforma de cooperação e intercâmbio entre os países e as regiões, que contribui para a promoção da internacionalização de produtos e serviços de medicina tradicional.

O Fórum desta edição conta com um forte apoio do Ministério da Saúde e da Segurança Social de Cabo Verde, do Ministério da Saúde de São Tomé e Príncipe, do Secretariado Permanente do Fórum para a Cooperação Económica e Comercial entre a China e os Países de Língua Portuguesa, do Instituto de Promoção do Comércio e Investimento de Macau, da Direcção dos Serviços de Economia da RAEM, do Instituto para os Assuntos Municipais da RAEM, da Câmara de Comércio Chinesa para a Importação e Exportação de Medicamentos e Produtos de Saúde, da Universidade de Macau, da Universidade de Ciência e Tecnologia de Macau, do Hospital de Medicina Tradicional Chinesa de Guangdong e de outras entidades governamentais, associações, institutos de investigação científica, entre outros.