A localização actual:Home page > Principal > Introdução > Planeamento
Planeamento

1502695070688164.png

Segundo os dois objectivos nucleares da construção de uma "Base Internacional de Controlo de Qualidade da Medicina Tradicional Chinesa" e uma "Plataforma Internacional de Intercâmbio da Indústria de Saúde", assim como a missão da criação de uma “Janela Internacional de ‘Um Cinturão, Uma Rota’ na Indústria e Cultura da Medicina Tradicional Chinesa”, o Parque desenvolve, de modo faseado, os relevantes trabalhos de planeamento e construção.

No quadro do planeamento da inovação e da investigação e desenvolvimento (IeD) na área da Medicina Tradicional Chinesa (MTC), o Parque Científico e Industrial de Medicina Tradicional Chinesa para a Cooperação Guangdong-Macau está empenhado em estabelecer uma plataforma profissional de serviços públicos em conformidade com o padrão de certificação reconhecido pelo Interior da China e pela Europa, no sentido de criar uma aglomeração de equipas de inovação tecnológica, instituições modelo do sector bem como equipas de especialistas domestica e internacionalmente conceituados, entre outros recursos vantajosos, com o objectivo de propiciar às empresas domésticas e estrangeiras (incluindo empresas de Macau) condições e espaço de desenvolvimento, em termos de crescimento da produtividade, aperfeiçoamento técnico, IeD de produtos novos e internacionalização dos negócios, a fim de fomentar um aglomerado industrial de inovação e IeD em MTC, e criar, de forma progressiva, um “agrupamento de promoção e de IeD de medicamentos inovadores e produtos de saúde”.

Relativamente a projectos-pilotos de grande envergadura no âmbito da indústria dos cuidados da saúde, o Parque Industrial planeia desenvolver uma mostra de projectos destinada aos cuidados de saúde, cultura da MTC e turismo de saúde, tais como o Hotel Temático de Lazer "Ruilian Zhuang (Hengqin)” e o Museu da Ciência e Tecnologia de Medicina Tradicional Chinesa, visando impulsionar a promoção e a disseminação da cultura e das técnicas da MTC, e criar um “agrupamento de promoção da indústria e da cultura de saúde”.

No que concerne à internacionalização da MTC, o Parque envida todos os esforços para estabelecer contactos com os países de língua Portuguesa na construção de uma plataforma internacional de intercâmbio e cooperação. Tirando partido da plataforma de cooperação já estabelecida e dos recursos de especialistas existentes, o Parque deu início às actividades alusivas ao registo internacional, comércio de importação e exportação, educação e formação, entre outras, e adopta a estratégia de “divulgação da Medicina, em primeiro lugar, para incentivar o uso dos medicamentos”, por forma a fornecer às empresas espaço para a expansão do mercado e elevar a sua influência, a nível global, estabelecendo, desta forma, uma “plataforma internacional de intercâmbio e comércio de tecnologias e produtos de saúde”.